É MAIS QUE VOAR

- Desde 2008 - Notícias | Aviação | Investimentos | Economia | Viagens |

AVIAÇÃO EXECUTIVA | Business Aviation

DEFESA | Defense

Asas Rotativas | Helicopters


Grupo Lufthansa estende programação especial de voos até 17 de maio | Foto © Herbert Monfre - É MAIS QUE VOAR

A Lufthansa mantém voos entre São Paulo e Frankfurt três vezes por semana. Leia em detalhes.


O Grupo Lufthansa anunciou que irá estender sua programação especial de voos até pelo menos 17 de maio de 2020. São Paulo, principal destino do Grupo Lufthansa na América do Sul, é uma das cinco cidades em que a Lufthansa continuará operando voos intercontinentais neste período, com 03 frequências semanais (as partidas de São Paulo acontecem às segundas-feiras, quintas-feiras e sábados). Definições sobre voos após esta data serão tomadas e anunciadas em tempo oportuno.

Em face à diminuição da demanda e à continuidade das restrições de viagem e entrada impostas por autoridades governamentais em todo o mundo, o Grupo Lufthansa continua oferecendo um programa reduzido - porém importante - de conexões de tráfego aéreo, contribuindo assim para prover serviços básicos de transporte de passageiros e cargas ao redor do mundo.

Além de São Paulo, o atual programa reduzido de voos da Lufthansa conta com serviços intercontinentais para Newark e Chicago (EUA), Bangkok (Tailândia) e Tóquio (Japão), todos com três frequências semanais partindo de Frankfurt. No que diz respeito a voos de curta e média duração, a Lufthansa continuará servindo algumas das cidades mais importantes da Alemanha e da Europa com até 36 conexões diárias partindo de seu hub em Frankfurt e até 6 conexões diárias a partir de seu hub em Munique.

A SWISS (que também faz parte do Grupo Lufthansa) continuará oferecendo três voos semanais entre Zurique e Newark (EUA), além de uma programação substancialmente reduzida de voos de curta e média distância para cidades europeias selecionadas. Já a Eurowings (Outra companhia aérea do Grupo Lufthansa) continuará operando de forma reduzida nos aeroportos de Düsseldorf, Hamburgo, Stuttgart e Colônia, oferecendo conexões domésticas na Alemanha bem como para alguns destinos europeus.

Dado o perfil das viagens neste momento excepcional, o grupo aéreo vem trabalhando com o nível de tarifas "one-way" (somente ida) para partidas do Brasil a fim de atender as necessidades de passageiros ao redor do mundo que desejem voltar aos seus lares.

Todos os voos remanescentes originalmente programados até 17 de maio serão cancelados. Passageiros que tenham inserido seus contatos na reserva ou o perfil no Programa de Milhagens “Miles & More” serão proativamente notificados sobre os cancelamentos e as alternativas de remarcação.

Passageiros cujos voos tenham sido cancelados ou que desejem alterar seus planos de viagem podem manter seus bilhetes ativos e proceder com a remarcação sem cobrança de taxa até o dia 31 de agosto de 2020, sendo possível inclusive alterar o destino do itinerário. A nova viagem deve ter início até 30 de abril de 2021, sendo que passageiros que optarem por viajar até 31 de dezembro de 2020 (início da viagem) receberão USD 50 de desconto aplicável a qualquer eventual diferença tarifária existente entre o valor total do bilhete original e o valor total de seu novo bilhete. Para aqueles que adquiriram a passagem por meio do site da companhia aérea, o desconto pode ser obtido através da emissão de um voucher no próprio site da empresa; já os passageiros que fizeram suas reservas por meio de agências de viagem devem consultá-las para obter tal desconto, se aplicável.

Caso as opções flexíveis de remarcação do Grupo Lufthansa não sejam interessantes, é possível solicitar o reembolso do bilhete. A companhia destaca que o processamento dos pedidos deve levar mais tempo do que o usual devido às circunstâncias da crise global.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

2021 © É MAIS QUE VOAR