É MAIS QUE VOAR

- Desde 2008 - Notícias | Aviação | Investimentos | Economia | Viagens |

AVIAÇÃO EXECUTIVA | Business Aviation

DEFESA | Defense

Asas Rotativas | Helicopters

A partir de dezembro, Lufthansa terá voos diários para o Brasil e Swiss 5 voos por semana | É MAIS QUE VOAR
Foto © Paulo Tadeu. Todos Direitos Reservados.


"Antes da pandemia, o Brasil já estava posicionado como um mercado estratégico para o Grupo Lufthansa. A crise da pandemia veio evidenciar a importância do País para o grupo e confirmar que nossa decisão em investir nas operações locais foi acertada. Mesmo com os picos e as constantes mudanças nas regulamentações de viagens, a demanda por nossos voos tem estado acima da média, e as operações têm se mantido num patamar sustentável, apesar do cenário desafiador", afirma Tom Maes, Diretor Sênior de Vendas para Américas do Grupo Lufthansa. Leia em detalhes.

 

A partir de dezembro, o Grupo Lufthansa passa a atender o mercado brasileiro com 12 frequências semanais – sete da companhia aérea Lufthansa e cinco da companhia aérea SWISS –  que irão conectar o Brasil com a Europa e através de suas conexões com demais continente no mundo. Desta maneira, a Lufthansa volta a oferecer voos diários entre São Paulo e Frankfurt; enquanto a SWISS terá dois voos adicionados à rota São Paulo- Zurique temporariamente. Essas novas opções de voos já estão disponíveis para consulta nos sites das respectivas companhias aéreas.

 

O aumento do número de voos para o Brasil está em linha com os planos de retomada gradual das operações do Grupo Lufthansa. Também visa flexibilizar a oferta de voos entre São Paulo e dois importantes destinos na Europa, assegurando mais tranquilidade e conforto aos passageiros, em especial àqueles que desejam celebrar as festas de final de ano com família e amigos no exterior.

 

Os voos da Lufthansa partirão diariamente do Aeroporto Internacional de Guarulhos às 19h35, chegando em Frankfurt às 11h10 do dia seguinte. Já os voos de retorno partem desta cidade alemã às 21h35 (horário local), pousando na região metropolitana de São Paulo às 05h35 do dia seguinte.

 

Por sua vez, a operação de SWISS – que conta com três frequências semanais –  partem de São Paulo às terças, sextas e domingos – terá o reforço temporário de dois voos adicionais entre meados de dezembro e janeiro.

 

"Neste momento de férias escolares no hemisfério Sul e celebrações de fim de ano, as companhias aéreas do Grupo Lufthansa desejam possibilitar a reunião de famílias e amigos que se encontram em diferentes pontos do mundo. Sendo assim, nossos passageiros brasileiros poderão contar com uma maior oferta de voos, além de políticas diferenciadas e mais flexíveis em relação às tarifas; parcerias com centros de saúde de excelência para a realização de testes do vírus; assim como protocolos rigorosos de segurança e higiene que garantem o bem-estar de todos a bordo", afirma Tom Maes, Diretor Sênior de Vendas para Américas do Grupo Lufthansa.

 

Vale destacar que São Paulo foi um dos cinco destinos de longa distância operados ininterruptamente durante toda a pandemia pelo Grupo aéreo Lufthansa, juntamente com Newark (Estados Unidos), O’Hare (Chicago), Tóquio (Japão) e Bangkok (Tailândia). Inicialmente, a Lufthansa oferecia ao mercado brasileiro três frequências semanais na rota São Paulo –Frankfurt, expandidas para cinco no mês de junho. Em julho, foram retomadas as operações da SWISS no País, com a oferta de três voos semanais que partem de São Paulo com destino à Zurique.

 

"Antes da pandemia, o Brasil já estava posicionado como um mercado estratégico para o Grupo Lufthansa. A crise da pandemia veio evidenciar a importância do País para o grupo e confirmar que nossa decisão em investir nas operações locais foi acertada. Mesmo com os picos e as constantes mudanças nas regulamentações de viagens, a demanda por nossos voos tem estado acima da média, e as operações têm se mantido num patamar sustentável, apesar do cenário desafiador", afirma o executivo.

 

Rota São Paulo – Frankfurt passa a ser operada por Airbus A350-900 XWB

 

Outra novidade trazida pelo grupo aos passageiros brasileiros é a adoção de sua mais moderna aeronave para operar a rota São Paulo – Frankfurt durante o inverno europeu. O Airbus 350-900 XWB é a aeronave de longa distância mais avançada e ecológica do mundo. Consome 25% menos querosene, produz 25% menos emissões de gases e é significativamente mais silenciosa na decolagem.

 

A aeronave acomoda 293 passageiros em três classes de serviços com 48 lugares na Business Class, 21 na Premium Economy e 224 na Economy Class. A Economy Class oferece assentos ergonômicos e proporciona aos passageiros mais espaço pessoal. No que diz respeito ao sistema de entretenimento a bordo, os passageiros podem usar o seu próprio dispositivo móvel como segunda tela, além de poderem acessar e selecionar a programação disponível previamente – a partir de seis semanas antes da data de seu voo.

 

Atributos exclusivos desta aeronave também permitem que os passageiros cheguem a seus destinos mais descansados. Destaque para o moderno sistema de controle de pressão da cabine e o novo sistema de iluminação LED que ajuda a ajustar o biorritmo dos passageiros ao horário local de seu destino.

 

Protocolos durante a Pandemia e a Segurança a bordo

  

Durante esse período, as companhias aéreas do Grupo Lufthansa têm seguido rigorosos protocolos de higiene e desinfecção de suas aeronaves. Visando proteger a saúde de todos a bordo, desde 4 de maio as companhias aéreas do grupo passaram a exigir que todos os passageiros e comissários de bordo usem máscaras durante toda a viagem, inclusive recomendando a utilização das mesmas nos aeroportos antes e após o voo. A princípio, a infecção do vírus dentro de uma aeronave é muito pouco provável. Desde o início da pandemia, não houve casos concretos de transmissão nos voos do Grupo aéreo.

 

Adicionalmente, com o objetivo de facilitar o trânsito de seus passageiros nos mais variados destinos, o Grupo Lufthansa possibilita que seus clientes façam o teste RT-PCR tanto em seus hubs em Frankfurt e Munique – por meio de uma parceria com os laboratórios Centogene e MediCare – quanto em São Paulo – onde o teste pode ser realizado com 10% de desconto na unidade do Aeroporto de Guarulhos da CR Diagnósticos ou na Unidade Paulista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.

 

"Garantir o trânsito seguro de nossos passageiros é uma das prioridades do Grupo Lufthansa, sendo assim, estamos trabalhando incansavelmente desde o início da pandemia para assegurar que nossos passageiros consigam chegar a seus destinos de maneira segura e tranquila", destaca Maes.

 

Entretanto, é importante reforçar que portar um resultado negativo do teste PCR para o novo vírus não exime os passageiros de verificarem as restrições de viagem e regras em vigor quanto à obrigatoriedade da quarentena em seu destino final antes de planejarem a viagem. Para que os passageiros possam se preparar melhor para sua viagem, a Lufthansa e a SWISS reuniram as regras de entrada vigentes em diversos países, através de uma busca baseada na origem e destino dos passageiros, por meio da página online Lufthansa Info Hub ou SWISS Info Hub.

 

Por fim, vale frisar que o regulamento da gratuidade dos testes RT-PCR no Aeroporto de Frankfurt pode ser alterado a qualquer momento. Para mais informações acesse aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

2021 © É MAIS QUE VOAR