É MAIS QUE VOAR

- Desde 2008 - Notícias | Aviação | Investimentos | Economia | Viagens |

AVIAÇÃO EXECUTIVA | Business Aviation

DEFESA | Defense

Asas Rotativas | Helicopters

Emirates cumpre sua promessa de reembolsar todos clientes e recebe mais um Airbus A380 | É MAIS QUE VOAR
Foto © Emirates - Divulgação.

A companhia aérea de Dubai devolveu mais de AED 6,3 bilhões aos clientes e 1,7 milhão de solicitações de reembolso recebidas. Leia em detalhes.

 


Cumprindo sua promessa com o passageiro / cliente, a Emirates concluiu um programa intensivo para limpar seu acúmulo de pedidos de reembolso que foi causado pelas interrupções de viagens relacionadas à pandemia.

 

Durante o período de sete meses, desde abril, a Emirates recebeu, validou e processou quase 1,7 milhão de solicitações de reembolso. Isso resultou na empresa aérea devolvendo AED 6,3 bilhões de reembolsos aos seus clientes. Desse montante, AED 4,7 bilhões foram reembolsados aos clientes que fizeram reservas diretamente com a companhia aérea, e o restante foi devolvido por meio de agências de viagens.

 

Além disso, a Emirates administrou mais de 130 mil consultas relacionadas a reembolsos de clientes e agências de viagens parceiras e fez alterações de status em quase 4 milhões de tíquetes de voo.

 

No auge de seu projeto, a Emirates tinha 110 funcionários dedicados a validar e processar reembolsos, um aumento massivo em relação à equipe de 19 pessoas de antes da pandemia. A companhia aérea conseguiu isso transferindo internamente pessoal de outras funções para auxiliar neste esforço.

 

Na ultima semana de novembro, a companhia aérea também anunciou que oferecerá a seus passageiros / clientes outro ineditismo no setor: um seguro de viagem multirriscos e de cobertura da pandemia, sem custo, em todas as passagens compradas desde 1º de dezembro de 2020. Além da cobertura médica para o vírus, esta nova oferta generosa da Emirates também inclui produtos de seguros como provisões para acidentes pessoais durante viagens, cobertura para esportes de inverno, perda de pertences pessoais e interrupções de viagem devido ao fechamento inesperado do espaço aéreo, recomendações ou avisos de viagem semelhantes a outras viagens multirriscos.

 

Frota Emirates: A companhia recebeu a primeira de três aeronaves A380 com entrega planejada para dezembro 2020

 

 

Outra novidade da companhia aérea é o recebimento de mais um Airbus A380, este recebeu o registro de A6-EVL (vide as fotos) e trata de ser a 116ª aeronave A380 e a primeira das três aeronaves A380 que serão incorporadas à sua frota em 2020. A aeronave chegou a Dubai no início da manhã do sábado passado (5 de dezembro de 2020), usando uma mistura de combustível de aviação convencional e combustível de aviação sustentável.

 

Emirates cumpre sua promessa de reembolsar todos clientes e recebe mais um Airbus A380 | É MAIS QUE VOAR
Foto © Emirates - Divulgação.


A Emirates deve receber mais duas aeronaves A380 até o fim de dezembro de 2020, uma das quais estará equipada com seu tão aguardado produto Premium Economy.

 

Desde que a primeira aeronave A380 foi incorporada à frota da Emirates há 12 anos, esse modelo é a principal aeronave da companhia aérea e a favorita dos clientes, alimentando a imaginação dos viajantes ao oferecer uma experiência de viagem incomparável. Seus elementos exclusivos, como Onboard Lounge e Shower Spa, são comentados em todo o mundo.

 

A experiência no icônico A380 da Emirates continua muito procurada pelos clientes, e muitos dizem viajar nesta aeronave para aproveitar seu espaço, tranquilidade e conforto em qualquer uma das cabines. A companhia recentemente voltou a operar os A380s aos clientes, equilibrando a experiência de alto nível durante a pandemia com medidas que priorizam a saúde e o bem-estar dos passageiros.

 

Sir Tim Clark, presidente da Emirates Airline, disse: "O A380 é uma história de sucesso da Emirates, que se reflete no forte interesse dos clientes em qualquer rota que usamos a aeronave ao longo dos anos. O A380 nos ajudou a atender com eficiência à demanda dos clientes em aeroportos com restrição de slots e também em rotas principais, apoiando as nossas operações de longa distância. É importante ressaltar que, com o espaço e a tecnologia desta aeronave, pudemos introduzir novos conceitos a bordo que transformaram a experiência de voo para melhor. Estamos ansiosos para apresentar nossa experiência Premium Economy, que fará sua estreia em uma aeronave A380 nos próximos meses. Nós continuaremos investindo em produtos de classe mundial no A380. O A380 continua a nossa aeronave principal na próxima década, e vamos retomando sua operação em mais rotas conforme a demanda de viagens exigir."

 

Hoje, o A380 é usado em voos para Cairo, Amã, Paris, Londres, Guangzhou, Manchester e Moscou e recentemente os serviços foram expandidos para quatro aeronaves A380 diárias para o aeroporto de Heathrow em Londres e voos diários para Moscou. A aeronave de dois andares também demonstrou sua versatilidade ao ser usada como um "minicargueiro" em operações selecionadas de fretamento de carga para o transporte de cargas urgentes em toda a rede da Emirates.

 

O voo de entrega da mais nova aeronave da frota da Emirates usou uma mistura de combustível de aviação convencional e combustível de aviação sustentável (SAF - sustainable aviation fuel). Esta é a primeira vez que a companhia aérea usa SAF em uma aeronave A380. O biocombustível usado no voo foi produzido na Finlândia a partir de óleo de cozinha usado.

 

Sir Tim comentou sobre o compromisso da companhia aérea com a redução de seu impacto ambiental: "A sustentabilidade é um assunto permanente na agenda da Emirates. Acompanhamos de perto o desenvolvimento do combustível de aviação sustentável e esperamos que possa ser produzido em grande escala em breve, de maneira competitiva em termos de custo. O voo de entrega da nossa aeronave A380 mais recente foi parcialmente mantido por combustível de aviação sustentável; este é um passo positivo para reduzir nossas emissões gerais."

 

A Emirates continua apoiando iniciativas que contribuem para o desenvolvimento da indústria de SAF e adoção mais ampla de biocombustíveis. A companhia aérea faz parte do Comitê Diretivo da Coalizão Clean Skies for Tomorrow, criada pelo Fórum Econômico Mundial para promover o desenvolvimento de SAF. A Emirates também apoiou uma série de webinars sobre o futuro do SAF nos Emirados Árabes Unidos, organizada pela Universidade Khalifa. Atualmente, um terço dos ônibus de transporte de tripulação da Emirates em Dubai são movidos a biocombustíveis. Além disso, uma de suas principais contratadas de serviços de ônibus de transporte de tripulação, a Al Wegdaniyah, adota biocombustível fornecido pela Neutral Fuels.

 

A Emirates continua dando passos significativos para a redução de emissões. Além de operar aeronaves modernas e econômicas com idade média de 6,5 anos, a Emirates também tem um programa abrangente de eficiência de combustível que implementou uma série de iniciativas, incluindo o trabalho com provedores de navegação aérea em "faixas flexíveis" ou rotas flexíveis que criam o plano de voo mais eficiente.

 

A Emirates também opera um sistema robusto de monitoramento de combustível. No solo, a companhia aérea adota, sempre que possível, práticas de eficiência de combustível, como o uso de unidades de potência que consomem menos energia e desligamento de um ou dois motores durante o taxiamento após o pouso. Outras iniciativas operacionais incluem empuxo reverso em marcha lenta no pouso, melhorias na eficiência de carga, gerenciamento de peso da aeronave e a introdução de EFB - electronic flight bag, um dispositivo eletrônico que ajuda a tripulação no gerenciamento de voo, aumentando a eficiência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

2021 © É MAIS QUE VOAR