É MAIS QUE VOAR

- Desde 2008 - Notícias | Aviação | Investimentos | Economia | Viagens |

AVIAÇÃO EXECUTIVA | Business Aviation

DEFESA | Defense

Asas Rotativas | Helicopters

Leonardo Company entrega primeiro helicóptero HH-139B para Força Aérea Italiana | É MAIS QUE VOAR
Foto © Leonardo Company - Divulgação.


O modelo HH-139B apresenta novos equipamentos e configurações para apoiar as funções da Força Aérea Italiana e aumenta a frota de plataformas AW139 usadas por vários governos e operadores de resgate na Itália, oferecendo excelente interoperabilidade e eficiência para proteger comunidades e meio ambiente. Leia em detalhes.


Leonardo anunciou a recente entrega do primeiro helicóptero bimotor HH-139B para a Força Aérea Italiana. Trata-se de uma variante customizada da plataforma mais vendida, o AW139, a partir de suas instalações em Vergiate. A aeronave é a primeira de 17 HH-139B cujas entregas devem ser concluídas até 2021, a fim de fortalecer ainda mais as capacidades multifuncionais da Força Aérea Italiana apoiando o atendimento a emergências e para a segurança em todo o país. O helicóptero será operado pela 15ª Asa da Força Aérea Italiana, que é responsável pelas tarefas de busca e salvamento e apoia a comunidade nacional em caso de operações de socorro em desastres.

 

Os HH-139Bs realizarão uma série de missões, incluindo busca e resgate, combate a incêndios, interceptação de movimentação lenta, juntando-sea uma frota já existente de 13 HH-139As multifuncionais e 4 VH-139As, este último usado para missões de transporte do governo. Comparado com o HH-139A, a variante do HH-139B de 7 toneladas apresenta, entre outros, novos eletro-ópticos, novo radar, novo guindaste de resgate e um console de missão na cabine. A aviônica central contará com a versão de software Fase 8, permitindo navegação e missões ainda mais avançadas e seguras em qualquer clima.

 

A fim de garantir o maior nível de capacidade de resposta e eficácia, será assegurada a extensão da área de cobertura com a distribuição dos helicópteros em várias bases. Cada aeronave pode ser rapidamente reconfigurada de SAR para MEDEVAC ou combate a incêndios. O crescimento da frota HH-139 da Força Aérea Italiana também se beneficia de pontos comuns logísticos, operacionais e técnicos, de certificação e treinamento e sinergias entre as frotas cada vez maiores de AW139 do governo e de operadores de serviço público na Itália. Isso reforça a possibilidade de realizar operações conjuntas eficazes e seguras com outros usuários desse modelo moderno e representa um salto quântico em segurança interna, capacidade de alívio de desastres e custo / eficácia geral do ciclo de vida para o futuro. Durante a pandemia, os AW139s foram amplamente usados ​​na Itália para fornecer serviços de transporte de instalação de biocontenção exclusivos em sua classe.

 

Na Itália, o AW139 também foi selecionado pela Guardia di Finanza, Polícia Estadual, Guarda Costeira, Corpo de Bombeiros Nacional e Carabinieri da Itália, além de vários operadores de serviços médicos de emergência. Este último programa da Força Aérea Italiana traz o número total de AW139s escolhidos por todos esses operadores do governo italiano para quase 80, cobrindo um amplo escopo de funções de utilidade pública, incluindo aplicação da lei e segurança interna, patrulha, operações especiais e antiterrorismo, busca e resgate, combate a incêndios, comando e controle, transporte governamental / VVIP, ajuda em desastres e treinamento.

 

Muitos operadores militares ou policiais de países em todo o mundo selecionaram ou já estão operando o AW139 para cumprir seus objetivos. Com pedidos feitos por mais de 280 clientes de mais de 70 países, o AW139 é o programa de helicópteros de maior sucesso nos últimos 15 anos, com quase 1100 unidades em serviço, registrando mais de 2,9 milhões de horas de vôo para a mais ampla gama de missões. A Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) apresentará em breve o Boeing MH-139 com base no AW139 para substituir a frota UH-1N.

 

Leonardo está empenhado em servir e proteger comunidades em todo o mundo, contribuindo para o seu crescimento sustentável ao liderar as tecnologias da próxima geração. A parceria com governos, organizações privadas e indústrias para obter os melhores recursos de segurança e proteção é a pedra angular do Plano Estratégico do Leonardo Be Tomorrow 2030.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

2021 © É MAIS QUE VOAR